Animais em Extinção

Urso Polar Pinguins Elefante Gorila Tigre de Amur Panda

 

 

Biodiversidade

 

Animais em Extinção

A vida começou no nosso Planeta a 3,500 milhões de anos. As primeiras coisas vivas
encontraram-se no mar e durante milhões de anos, destas formas de vida uma variedade enorme e rica de animais descenderam. Durante o processo que nós chamamos evolução, os animais tem-se adoptanda viver em todas as partes do mundo, as vezes em ambientes muito hostis.

O reino animal é enorme e nos não sabemos de certo quantas espécies há no mundo. Por volta de 1,5 milhões de espécies de animais tem sido descritas por cientistas. O mais numeroso animal grande no Planeta Terra é Homo Sapiens O Humano. O homem moderno apareceu a 30 000 anos e tem dominado o Planeta. No hemisfério norte a população humana tem crescido e nos Países de terceiro mundo aumentado. Assim mais e mais lugares selvagens tem sido dominados, causando os animais e plantas a escassear.

Nestas páginas encontra uma breve descrição de animais em extinção e uma página sobre Biodiversidade com um vídeo de desenhos animados com caricatura do tema com extrema importância.

Os objectivos

• contribuir para a manutenção da diversidade biológica e dos recursos genéticos no território e nas águas ;

• proteger as espécies ameaçadas de extinção no âmbito regional e nacional;

• contribuir para a preservação e a restauração da diversidade de ecossistemas naturais;

• promover o desenvolvimento sustentável a partir dos recursos naturais;

• promover a utilização dos princípios e práticas de conservação da natureza no processo de desenvolvimento;

• proteger paisagens naturais e pouco alteradas de notável beleza cénica;

• proteger as características de natureza geológica, geomorfológica, espeleológica, paleontológica e cultural;

• proteger e recuperar recursos hídricos e edáficos;

• recuperar ou restaurar ecossistemas degradados;

• proporcionar meios e incentivos para actividades de pesquisa científica, estudos e monitoramento ambiental;

• valorizar económica e socialmente a diversidade biológica;

• favorecer condições e promover a educação e interpretação ambiental, a recreação em contacto com a natureza e o turismo ecológico;

• proteger os recursos naturais necessários à subsistência de populações tradicionais, respeitando e valorizando seu conhecimento e sua cultura e promovendo-as social e economicamente.

Tipos

 Área de Protecção Ambiental

É uma área em geral extensa, com um certo grau de ocupação humana, dotada de atributos abióticos, bióticos, estéticos ou culturais especialmente importantes para a qualidade de vida e o bem-estar das populações humanas, e tem como objectivos básicos proteger a diversidade biológica, disciplinar o processo de ocupação e assegurar a sustentabilidade do uso dos recursos naturais.

 Área de Relevante Interesse Ecológico

É uma área em geral de pequena extensão, com pouca ou nenhuma ocupação humana, com características naturais extraordinárias ou que abriga exemplares raros da biota regional, e tem como objectivo manter os ecossistemas naturais de importância regional ou local e regular o uso admissível dessas áreas, de modo a compatibilizá-lo com os objectivos de conservação da natureza.

 Estações Ecológicas

Tem como objectivo a preservação da natureza e a realização de pesquisas científicas. É proibida a visitação pública, excerto com objectivo educacional e a pesquisa científica depende de autorização prévia do órgão responsável.

 Florestas Nacionais

É uma área com cobertura florestal de espécies predominantemente nativas e tem como objectivo básico o uso múltiplo sustentável dos recursos florestais e a pesquisa científica, com ênfase em métodos para exploração sustentável de florestas nativas.

 Monumentos Naturais

Tem como objectivo básico preservar sítios naturais raros, singulares ou de grande beleza cénica.

 Parques Nacionais

Tem como objectivo básico a preservação de ecossistemas naturais de grande relevância ecológica e beleza cênica, possibilitando a realização de pesquisas científicas e o desenvolvimento de actividades de educação e interpretação ambiental, de recreação em contacto com a natureza e de turismo ecológico

 Refúgio de Vida Silvestre

Tem como objectivo proteger ambientes naturais onde se asseguram condições para a existência ou reprodução de espécies ou comunidades da flora local e da fauna residente ou migratória.

 Reserva de Fauna

É uma área natural com populações animais de espécies nativas, terrestres ou aquáticas, residentes ou migratórias, adequadas para estudos técnico-científicos sobre o manejo económico sustentável de recursos faunísticos.

Reserva Extrativista

É uma área utilizada por populações locais, cuja subsistência baseia-se no extrativismo e, complementarmente, na agricultura de subsistência e na criação de animais de pequeno porte, e tem como objectivos básicos proteger os meios de vida e a cultura dessas populações, e assegurar o uso sustentável dos recursos naturais da unidade.

Reserva Particular do Património Natural

É uma área privada, gravada com perpetuidade, com o objectivo de conservar a diversidade biológica.

Reservas Biológicas

Tem como objectivo a preservação integral da atributos naturais existentes em seus limites, sem interferência humana directa ou modificações ambientais, excetuando-se as medidas de recuperação de seus ecossistemas alterados e as acções de manejo necessárias para recuperar e preservar o equilíbrio natural, a diversidade biológica e os processos ecológicos.